Episódios agudos de mania bipolar x risco aumentado de hipertensão







Pacientes bipolares com mania podem estar em risco de ter hipertensão e outras doenças cardiometabólicas, de acordo com um estudo de centro único que diagnosticou a condição em quase metade dos pacientes que foram admitidos com mania.

Obesidade foi observada também em 35% dessa população, relata Dr. Dale D'Mello, da Michigan State University em Lansing, no Encontro Anual de 2010 da Sociedade Americana.

"Nós descobrimos que a prevalência da hipertensão foi maior nessa coorte admitido para mania aguda do que para a população em geral. Um estudo anterior sobre desordem bipolar foi preditivo do futuro desenvolvimento da hipertensão, e a presença de hipertensão concomitante foi associada com índices de mania mais graves," disse o Dr. D'Mello said.

Pacientes com desordem bipolar experimentam um fardo desproporcional de desordens cardiometabólicas. A patogênese e as consequências clínicas dessas condições médicas e o curso da desordem bipolar não são entendidos.

O propósito do presente estudo era determinar a prevalência e examinar as correlações clínicas de desordens em pacientes hospitalizados com desordem bipolar, ele disse.

A população incluiu 99 pacientes hospitalizados em uma unidade psiquiátrica para o tratamento de mania bipolar e estados mixados de 2002 a 2006. Após a estabilização, os pacientes completaram um inventário breve que incluía dados demográficos, da doença e variáveis de tratamento.

Um psiquiatra fez o diagnóstico do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (Quarta Edição) e completou o Young Mania Rating Scale.

O estudo mostrou que 45% dos pacientes admitidos no hospital em razão de mania ou estados mistos eram hipertensos, comparados com taxa de 30,5% de hipertensão na população em geral, embasado na Pesquisa National Health and Nutrition Examination Survey, disse Dr. D'Mello. Ele usou a definição de hipertensão (140/90 mm Hg) da síndrome metabólica.

A coorte em mania aguda também teve uma maior prevalência de dislipidemia e diabetes, ele adiciona.

Para a comparação entre os pacientes normotensos, os pacientes com hipertensão eram mais velhos, com uma média de idade de 44 anos versus 37 anos para pacientes normotensos no estudo.

Eles eram também mais obesos com um índice médio de massa corporal de 33 versus 28 para o grupo não hipertensivo.

É interessante dizer, que pacientes com hipertensão tiveram uma média de idade de início de desordem bipolar significantemente menor – 24 versus 29 para pacientes normotensos (P = 0,05) — e alcançaram uma média significantemente maior de taxas de mania que os outros— 40 vs 35 (P = 0,04).

"O achado de um maior escore de gravidade para pessoas com hipertensão é nova e surpreendente,” comenta o Dr. D'Mello. "Nós nos perguntamos se talvez a hipertensão seja um fenômeno de desordem bipolar. E esse é um estado agudo. Nós não sabemos se esta associação existirá a longo prazo"

Dr. Prakash Masand, professor de Psiquiatria da Duke University Carolina do Norte, comentou o pôster para a Medscape dizendo ser possível que as duas condições mania e hipertensão possam ter idênticos fatores iniciais como inflamação.

É concebível e seria desejável, ele disse, que ao prevenir a hipertensão alguém pudesse ser capaz de modificar a expressão e resultados de indivíduos com desordem bipolar, apesar de muita pesquisa ser necessária para atingir este patamar.
Episódios agudos de mania bipolar x risco aumentado de hipertensão Episódios agudos de mania bipolar x risco aumentado de hipertensão Editado por Admin on 18:07 Nota: 5
Tecnologia do Blogger.